E-book da ABPEducom tem artigo sobre o projeto Memórias em Rede



A trajetória do projeto Memórias em Rede, desenvolvido na perspectiva da Educomunicação pelo Instituto Devir Educom, está registrada em artigo do e-book “O Protagonismo Infantojuvenil nos Processos Educomunicativos”, lançado recentemente pela Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação (ABPEducom) na última quarta-feira (1º de dezembro).


O exemplar virtual reúne 53 artigos de todo o Brasil que abordam diversas experiências e ações educomunicativas com crianças e jovens, envolvendo a produção artística e midiática, todos fruto do II Congresso Internacional de Comunicação e Educação e do VIII Encontro Brasileiro de Educomunicação, realizados em 2018 na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).


O projeto Memórias em Rede é o primeiro tema de um destes trabalhos e aborda especialmente a memória afetiva construída entre o sujeito e a cidade, utilizando-se dos recursos da comunicação e das tecnologias digitais para o exercício da cidadania de adolescentes de escolas públicas de Santos, litoral sul de São Paulo. A contribuição acadêmica sobre o projeto foi assinada por Andressa Luzirão e Ivone Rocha, gestoras do Instituto e do projeto, e ainda pela jornalista Caroline Avelar e pela fotógrafa Susan Hortas. O trabalho foi apresentado por elas no Grupo Temático ‘Protagonismo Juvenil - Protagonismo pela educomunicação, no movimento social, no ensino fundamental e na universidade’, ao lado de trabalhos realizados em Salvador (BA), São João Del-Rei (MG), Presidente Prudente (SP) e São Paulo (Capital).


O artigo intitulado “Memórias em Rede: a afetividade pela cidade sob o protagonismo de jovens na função de repórteres” (página 17), aborda a iniciativa que coloca frente a frente alunos do Fundamental II e munícipes acima de 50 anos. Os jovens desempenham o papel de repórteres, utilizando o jornalismo como ferramenta para conhecer a história e as memórias dos mais velhos da cidade de Santos. Este encontro de gerações proporciona troca cultural, partilha de saberes e um rico aprendizado sobre a vida, a história da cidade e a história pessoal de cada um, explorando as memórias do passado e construindo novas histórias a partir disso, desenvolvendo nos estudantes senso de pertencimento pela escola e pelo bairro onde vivem.


O e-book publicado pela ABPEducom, onde está o artigo sobre o projeto Memórias em Rede, pode ser acessado aqui.


Além deste e-book publicado pela ABPEducom, outros três também são resultado do II Congresso Internacional de Comunicação e Educação e do VIII Encontro Brasileiro de Educomunicação. Confira todos aqui.

31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo