'Memórias em Rede' é apresentado em reunião da Promotoria Comunitária

Atualizado: 8 de jun.

Estudantes da escola Vinte e Oito de Fevereiro, integrantes do projeto, participaram do encontro, que reuniu promotores, moradores e lideranças comunitárias e religiosas


Com o presidente do CMDCA, Edmir Nascimento (esq.) e o promotor de Justiça, Carlos Alberto Carmello Júnior (dir.), gestoras do Memórias em Rede, alunas e aluno do projeto comentam sobre as atividades que desenvolvem nas oficinas.


Os jovens do 'Memórias em Rede' marcaram presença na 74ª reunião da Promotoria Comunitária, realizada na última quinta-feira (26) na escola municipal Vinte e Oito de Fevereiro, bairro Saboó, em Santos-SP, quando o projeto foi apresentado a promotores, moradores, lideranças comunitárias e religiosas.


Projeto de extensão da UniSantos, a Promotoria Comunitária é coordenada pelo promotor de Justiça e professor universitário, Carlos Alberto Carmello Júnior, e visa aproximar a comunidade e as instituições públicas para atuação conjunta na compreensão de problemas sociais e demandas de políticas públicas, buscando soluções para questões de segurança pública, justiça criminal e interesses coletivos.


Após a devolutiva da Promotoria à comunidade e das reivindicações dos moradores, o promotor público Carmello deu a palavra à equipe do Instituto Devir Educom. "É importante conhecer os anseios e as reivindicações da comunidade do bairro Saboó e da Vila Pantanal, pois essa escuta reverbera nas ações do projeto Memórias em Rede, uma vez que entendemos que a escola precisa estar conectada com os desafios e as potências do território, tendo em vista que ele é currículo de aprendizado aos estudantes. Queremos que eles valorizem suas histórias, acessem informação de qualidade, produzam bons conteúdos e combatam a desinformação", disse a presidente do Instituto, a jornalista e professora Andressa Luzirão.


Na ocasião, algumas lideranças comunitárias foram avisadas que, em etapa futura do projeto, elas serão entrevistadas pelos 'alunos-repórteres', que buscarão as potencialidades e desafios do bairro, como parte da perspectiva ‘Território’, da Metodologia dos Círculos.


REDES SOCIAIS DIGITAIS


O estudante Thiago Souza Santos, 13 anos, participante do 'Memórias', falou da entrevista que os jovens do projeto fizeram com o youtuber Thiago Torres, conhecido como ‘Chavoso da USP’, no último dia 20, na Câmara Municipal de Santos, e ressaltou que o projeto trabalha muito com as redes sociais digitais. Outra integrante, Isabelly Santos Bispo, 14, aproveitou para divulgar aos promotores públicos e aos moradores o perfil no Instagram do projeto .


Alunas Isabelly e Ana Carolina e aluno Thiago apresentam orgulhosos a reportagem do jornal A Tribuna de Santos que traz as atividades do projeto.


Eles também mostraram a reportagem publicada em A Tribuna sobre a iniciativa do Devir Educom, que leva o jornalismo, a educação midiática e a memória afetiva para quatro escolas públicas, com apoio da Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino, Tecnologia e Cultura (Fapetec). Também estava no encontro o presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de Santos (CMDCA), Edmir Nascimento.

“APRENDENDO A ENSINAR”


Na ocasião, o professor José Rinaldo da Silva, da escola Avelino da Paz Vieira, tomou a palavra para expressar seu sentimento de alegria ao rever sua ex-aluna Ana Beatriz Ribeiro, 18 anos, que participou do projeto nesta escola nos anos de 2018 e 2019 e que, atualmente, integra a equipe do ‘Memórias em Rede’ nas quatro instituições de ensino.


“Hoje, ao vê-la no Memórias em Rede, a gente fica muito feliz, porque sabemos a dificuldade que ela teve na vida e vemos que ela venceu, que está reaprendendo e aprendendo a ensinar os outros a ter qualidade de vida melhor. No Memórias em Rede vemos o crescimento de nossos alunos na era da informática. É um trabalho que tem que ter um alongamento. Parabenizo a diretora da escola Vinte e Oito de Fevereiro por abraçar um projeto como esse”, afirmou. Veja aqui o depoimento do professor:






13 visualizações0 comentário